O ESTRATEGA PREGUIÇOSO

Ouvimos constantemente líderes dizerem às suas equipas; “valorizem os vossos clientes, submetam propostas de valor com qualidade, façam acontecer!” Palavras motivadoras, dinamizadoras e em algumas ocasiões ameaçadoras, que visam levar equipas a melhorarem a sua performance. Isso é bom e louvável.

Entretanto, e apesar das melhores das intenções, palavras como essas são quase sempre proferidas a partir da perspectiva da empresa: temos os melhores produtos do mercado, temos as mais recentes e mais evoluídas soluções, etc. E o diferencial que mais peso ganha, à medida que os efeitos deste ‘novo normal’ se vai multiplicando na vida das famílias e das empresas, torna-se no desconto - aquilo a que chamo o diferencial preferido do Estratega Preguiçoso. 

Sem discriminação para os profissionais de marketing e estrategas comerciais que lhe tenham recomendado estas estratégias, pois os descontos comerciais ou sazonais têm comprovadamente um efeito positivo no volume de vendas, empresas que se consignam (preguiçosamente) a uma estratégia unicamente baseada nos descontos, assumem que os seus clientes valorizam unicamente `o preço mais baixo` e abrem a porta para guerras de preços, para as quais podem não estar estruturalmente preparadas. Sim, os descontos podem criar volumes de venda, atrair inúmeros clientes, mas a valorização à qual nos referimos está ligada a algo mais, que conquista e transforma os clientes em pessoas apaixonadas pela sua marca, sendo capazes de a defender e divulgar, na primeira ocasião! 

Então como construir uma estratégia que seja valorizada pelos seus clientes e que leve a fidelização? 

A resposta a esta pergunta deve ser precedida de um diagnóstico e sucedida por uma oferta adaptada as suas necessidades. Entretanto elencamos algumas dicas que o colocarão no caminho certo.   

Primeiro, interiorize que o valor do serviço ou produto que você oferece aos seus clientes deve ser sempre considerado, na perspectiva destes. Não adianta oferecer descontos para um cliente que valoriza a exclusividade antes de tudo e para quem o preço não tem qualquer relevância. 

Faça perguntas. Ninguém melhor que o seu cliente para lhe dizer o que realmente necessita, o que o levaria a ficar consigo para sempre.

Diga ao seu cliente que o valoriza. O ser humano é por natureza um ser que demanda atenção. Cultive uma relação de afecto com os seus clientes. 

Recolha e utilize o máximo de informação sobre os seus clientes, a sua experiência de compra e a utilização dos seus serviços.

Jornada dos clientes. Chame para si a responsabilidade de criar e gerir os momentos em que os seus clientes entram em contacto com os seus serviços.

Utilize as ferramentas ao seu dispor. Ferramentas como database marketing, de fidelização e de automatização de marketing são excelentes aditivos para a construção de uma estratégia baseada na valorização do seu cliente.

Mais do que tudo, capacite e valorize a sua equipa, faço-a entender e viver o propósito da estratégia!

Gostaria de saber mais? Contacte-nos!

MOTIVAÇÃO
o que lhe motiva a seguir em frente?