AS 18 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE UM MAU CHEFE

Um famoso adágio popular diz: “Não escolhemos a família onde nascemos”. Em aditamento, diríamos que não escolhemos o chefe que temos. Claro está, quando falamos de chefe, estamos a falar do superior hierárquico (não vamos, pelo menos hoje, falar da diferença entre chefe e líder). 

No nosso país, as organizações ainda se debatem com um grande problema de gestão de capital humano: favoritismos, abusos, injustiças, perseguições, fuga de quadros, frustração, etc.

O seu (mau) chefe não é mau somente porque tem medo do seu talento ou não gosta de si. Normalmente, os maus chefes possuem certas características que ajudam a identificá-los de forma objectiva. Cremos que ao ler este artigo, uns irão reconhecer algumas (senão todas!) características do seu chefe, outros, se forem honestos, poderão reconhecer-se a si mesmos!

Mais abaixo algumas das características de um mau chefe ou superior hierárquico:

1.  Quase que nunca é pontual. Sobretudo quando tem um compromisso com a sua equipa ou subordinados. Tem sempre algum ‘imprevisto’ que o obriga a estar atrasado nos encontros

2. Tudologia. Normalmente, o mau chefe acha sempre que por ser hierarquicamente superior, domina melhor do que todos os que estão abaixo, todas as matérias do seu pelouro (é o melhor especialista em tudo)

3.  Nenhum trabalho é perfeito aos seus olhos. “Isto está bem mas falta aquilo…” “Poderias ter feito de outra maneira…” ou “eu vejo isso de outra maneira…” São os seus principais argumentos

4. É mentiroso. Quando encurralado, mente de forma descarada, só para não admitir o erro

5.  É falso e mau profissional. Uma boa pessoa pode ser um mau profissional mas, em regra, uma má pessoa não pode ser um bom profissional

6. Evidencia complexos de superioridade. Que, na verdade, são complexos de inferioridade, inveja e insegurança 

7. Tem o medo permanente de perder o cargo. Em regra é alguém que não ascendeu ao cargo por mérito, e isso faz com que viva com o medo de perdê-lo

8.  Luta para manter o cargo e não para obter resultados. Em regra, o mau chefe está sempre preocupado em agradar superiormente, nem que tenha de perder a sua equipa por causa disso

9.  Não consegue tirar o melhor da sua equipa. E acaba sempre por dizer que os elementos da equipa é que não estão à altura dos desafios

10.Não se incomoda em humilhar alguém, por não ter conseguido fazer bem alguma coisa

11.Quando faz um elogio (é sempre de forma forçada, e) procura dar a entender que ele também participou do sucesso

12.Centraliza o trabalho em si mesmo ou delega-o para pessoas com muito pouca capacidade mas, em regra, não gosta de delegar o trabalho

13.  Não partilha o conhecimento. Sempre que recebe em primeira mão algum conhecimento que pode ser benéfico para a sua equipa, tende a retê-la, para ser o único a dominar tal matéria

14.Não partilha a informação. Para ele, quanto menos informação a sua equipa tiver sobre o trabalho, melhor, assim mantém o domínio sobre ela

15.É injusto nas avaliações. Em regra, quando faz a avaliação de desempenho de um membro da sua equipa, socorre-se de factores subjectivos e não objectivos

16.Tem medo de sair de férias. Pensa que pode ser uma grande oportunidade para que alguém lhe dê o golpe. Então quando decide sair, coloca a substituir o elemento menos competente e, mesmo assim, fica em contacto permanente com este para controlá-lo

17.Cria grupinhos na equipa. Em regra, tende a ter algumas pessoas da sua confiança (na maior parte das vezes, menos capazes) como aqueles com quem prefere trabalhar, ostracizando os demais

18. Não luta pela formação dos membros da sua equipa.

O nosso desejo é que você não reconheça a si mesmo, nem ao seu chefe, nas características acima, mas sabemos que isso é impossível. O que podemos fazer é oferecer a nossa ajuda e know how, para ajudar-lhe a lidar da melhor maneira com os dois figurinos. 

Venha e veja!

PARECER OU SER?
Mais do que PARECER, tem que SER